Postado em mai. de 2017

Sociedade | Psicologia e Saúde Mental

A formação dos valores morais

Paul Bloom, psicólogo canadense, analisa os diferentes enquadramentos lógicos que guiam a formação da moral dos indivíduos e sociedades.


Mesmo em sociedades com uma moral compartilhada, nem sempre, na prática, o ser humano age de acordo com o que defende como certo. Para que, então, servem os valores morais?

O psicólogo canadense Paul Bloom analisa, sem tom condenatório, os diferentes enquadramentos lógicos que guiam a formação da moral dos indivíduos e sociedades. Reconhecendo a importância de delimitar e discutir valores morais para a evolução da humanidade, ele entra em questões comuns no debate sobre a moral: a prostituição, o casamento entre homossexuais e a legalização das drogas.

Inscreva-se em nosso canal e ative as notificações para ser lembrado dos novos vídeos todas as segundas e quintas-feiras http://bit.ly/FronteirasYouTube

Assista a outros vídeos exclusivos em www.fronteiras.com

Paul Bloom é especialista em psicologia cognitiva e professor da Universidade de Yale. Seu trabalho está relacionado a preocupações sociológicas e científicas. Ele foi conferencista do Fronteiras do Pensamento em 2014.

Fronteiras do Pensamento | Produção Telos Cultural | Produção Audiovisual Okna Produções | Documentário Uma Certa Felicidade | Direção Pedro Isaias Lucas | Edição Alfredo Barros | Direção de Produção Gina O'Donnell | Tradução Marina Waquil e Francesco Settineri

Compartilhe


Paul Bloom

Paul Bloom

Psicólogo

Psicólogo canadense Ph.D em psicologia cognitiva pelo MIT e destacado professor de Psicologia e Ciência Cognitiva em Yale.
Ver Bio completa