Postado em set. de 2019

Literatura | Cultura

A literatura para aproximar as pessoas

Escritor angolano acredita que a literatura é a melhor forma de aproximação com o outro nos dias atuais.


Enquanto a construção de muros é exaltada na atualidade, a literatura trabalha pela construção de pontes para novos e diferentes mundos. José Eduardo Agualusa explica que os livros são responsáveis pela aproximação com o outro e pelo conhecimento do outro, e que a melhor forma de evitar guerras é construindo bibliotecas.

Inscreva-se em nosso canal e ative as notificações para ser lembrado dos novos vídeos todas as segundas e quintas-feiras http://bit.ly/FronteirasYouTube

Agualusa é um dos mais importantes escritores em língua portuguesa da atualidade. Nascido em Angola, mudou-se ainda jovem para Portugal, para estudar agronomia e silvicultura. Acabou alterando a sua carreira para o jornalismo, passando a colaborar para vários jornais, entre eles o Público. Sua obra foi traduzida para mais de 25 idiomas, e em 2016 foi um dos finalistas do Prêmio Man Booker, pelo romance “Teoria geral do esquecimento”.

Assista a mais vídeos de Arte no site do Fronteiras do Pensamento www.fronteiras.com/videos/categorias/arte

Todos os vídeos do canal possuem legendas. Para ativar as legendas de qualquer vídeo do YouTube, siga as instruções: vá até o menu do player e clique no ícone da roda dentada (se você estiver em um computador) ou selecione os três pontinhos (se estiver no mobile). Escolha a língua da sua preferência e não esqueça de se inscrever em nosso canal.

Compartilhe


José Eduardo Agualusa

José Eduardo Agualusa

Escritor

Escritor angolano, um dos mais importantes escritores em língua portuguesa da atualidade.
Ver Bio completa