Postado em mar. de 2020

Literatura | Cultura

Literatura para aprender, literatura para inspirar

O escritor Paul Auster enaltece o poder da literatura e lembra que nenhuma língua abriga tudo que podemos ter acesso.


Devemos ler apenas os clássicos? Para Paul Auster, o escritor não deve ficar confinado na própria literatura, ele deve manter contato com coisas novas para ter acesso a outras formas de pensamento e de expressão. Auster celebra a forma como os autores de diferentes países e diferentes culturas foram influenciando uns aos outros ao longo do tempo. Assim, estamos todos conectados pela literatura.     

Inscreva-se em nosso canal e ative as notificações para ser lembrado dos novos vídeos todas as segundas e quintas-feiras http://bit.ly/FronteirasYouTube

Paul Auster é um dos grandes autores norte-americanos em atividade. Escritor, roteirista e diretor independente de filmes, já escreveu quase três dezenas de livros, entre memórias, romances, novelas e poemas.

Ganhou fama internacional ao lançar “A trilogia de Nova York”, eleito pelo The Guardian como uma das 100 melhores obras de ficção de todos os tempos. Além disso, é autor de “Sunset Park”, “Homem no escuro” e “O livro das ilusões”.

Todos os vídeos do canal possuem legendas. Para ativar as legendas de qualquer vídeo do YouTube, siga as instruções: vá até o menu do player e clique no ícone da roda dentada (se você estiver em um computador) ou selecione os três pontinhos (se estiver no mobile). Escolha a língua da sua preferência e não esqueça de se inscrever em nosso canal.

Compartilhe


Paul Auster

Paul Auster

Escritor norte-americano

Um dos principais escritores atuais, é autor de obras como A Trilogia de Nova York e 4321.
Ver Bio completa